domingo, 22 de maio de 2011

You are the music in me

na na na na...


                               na na na na...
                                                                       Yeah...
Lara lara..la ra la ra...
                                         OoOoou...


Só quem consegue se perder com uma música entende o que eu estou querendo dizer...


Não se é preciso palavras concretas...tão pouco frases formadas.


Um solo de violão à beira mar diria tudo...




Por mais que esteja só...
a música te acompanha.

Te entende...

sem que seja necessário alguma explicação.

Apenas pede,

que a toque,ou a cante.

E jamais estará sozinho.


sábado, 7 de maio de 2011

corra comigo



Apenas para desabafar

É tão cansativo,triste e ao mesmo tempo stressante quando as pessoas nos criticam...
Ultimamente tenho ouvido muito a frase: quem quer corre atrás...
de diversas pessoas.

Entretanto nenhuma delas parou para pensar no seguinte...
eu estou correndo atrás sim
De diversas coisas ao mesmo tempo...
e ainda estou correndo descalço em uma estrada cheia de pedras.

Todos cobram...
Todos criticam...

Mas ninguém para pra me ajudar,
ninguém me oferece um chinelo para que eu não machuque os meus pés correndo descalço sobre pedras.

Eu não quero ter que correr atrás de ninguém...
Eu quero que corram comigo.

Quero apoio,
Quero incentivo,
Ou no mínimo...
Compreensão.

Já é difícil caminhar sozinha...
E quando colocam pedras no nosso caminho...
A jornada torna-se mais extensa,e complicada.

Não me cobre;
Não me julgue;
Não me pressione...

Mas se quiser...

CORRA COMIGO!

É isso aí...



Ana Carolina

Composição : Composição: Damien Rice (vers.: Ana Carolina)
É isso aí!
Como a gente achou que ia ser
A vida tão simples é boa
Quase sempre
É isso aí!
Os passos vão pelas ruas
Ninguém reparou na lua
A vida sempre continua
Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não sei parar
De te olhar
É isso aí!
Há quem acredite em milagres
Há quem cometa maldades
Há quem não saiba dizer a verdade
É isso aí!
Um vendedor de flores
Ensinar seus filhos a escolher seus amores
Eu não sei parar de te olhar
Não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar
É isso aí!
Há quem acredite em milagres
Há quem cometa maldades
Há quem não saiba dizer a verdade
É isso aí!
Um vendedor de flores
Ensinar seus filhos a escolher seus amores
Eu não sei parar de te olhar
Eu Não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar